Heredogame: Jogo Didático para o Ensino de Genética

Autores

DOI:

https://doi.org/10.16923/reb.v20i1.985

Palavras-chave:

Aprendizagem, Lúdico, Herança Mendeliana

Resumo

A genética é uma área da biologia considerada complexa, por apresentar conteúdos muito abstratos. Tendo em vista essa característica, este trabalho teve por objetivo, a produção do jogo didático intitulado “Heredogame”, que poderá ser usado como forma de revisão em aulas referentes ao conteúdo Herança Mendeliana no ensino médio. Constituído por um tabuleiro e 60 cartas, requer no mínimo dois e no máximo cinco participantes. Como resultados da aplicação do jogo em sala de aula espera-se que possibilite aos discentes uma melhor compreensão sobre o conteúdo abordado e, que auxilie em um melhor entendimento do conteúdo de herança mendeliana na relação entre teoria e prática, aumentando a interação e melhorando a relação entre os alunos por se tratar de uma dinâmica de grupo.

Referências

Griffiths AJF, Wessler RS, Carroll SB, Doebley J. Introdução à genética. Tradução Sylvia Werdmüller von Elgg Roberto. 11. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2016.

Becker K. Gene Rummy: A Card Game About Mendelian Genetics. p. 328-331, in Tested Studies for Laboratory Teaching, v. 35 (K. McMahon, Editor). Proceedings of the 35th Conference of the Association for Biology Laboratory Education (ABLE), 2014, p. 477. Acesso em 06 de março de 2021. Disponível em: http://www.ableweb.org/volumes/vol-35/?art=21.

Araújo AB, Gusmão FAF. As principais dificuldades enfrentadas no ensino de genética na educação básica brasileira. São Paulo: Realize, 2017. Acesso em 10 de maio de 2021. Disponível em: https://eventos.set.edu.br/enfope/article/view/4710/1566.

Filho RS, Alle LF, Leme DM. Diagnosticando dificuldades no processo de ensino-aprendizagem de genética nas escolas e universidades. V Congresso Nacional de Educação. Anais, 2018. Acesso em 10 de maio de 2021. Disponível em: https://www.editorarealize.com.br/revistas/conedu/trabalhos/TRABALHO_EV117_MD4_SA16_ID5406_09092018125827.pdfeved=2ahUKEwjPjoXp6KPpAhVRFLkGHZHGC8QQFjAAegQIBxACeusg=AOvVaw10mMrw8z8CO3mhXx4dqZw.

Funa AA, Ricafort JD. Developing Gamified Instructional Materials in Genetics for Grade 12 STEM. International Journal of Engineering Science and Computing, v. 9, n. 6, p. 20597-20600, 2019. Acesso em 12 de março de 2021. Disponível em: https://philpapers.org/archive/FUNDGI.pdf.

Caoa L, Jacobsona MJ, Markauskaitea L, Laib PK. The Use of Productive Failure to Learn Genetics in a Game-Based Environment. 2020 Annual Meeting of the American Educational Research Association, 2020. Acesso em 12 de março de 2021. Disponível em: https://www.researchgate.net/profile/Polly-Lai-3/publication/342943773_The_Use_of_Productive_Failure_to_Learn_Genetics_in_a_Game-Based_Environment/links/5f0e5cb592851c1eff11b62e/The-Use-of-Productive-Failure-to-Learn-Genetics-in-a-Game-Based-Environment.pdf.

Santos WHL, Pino JC, Sá-Silva JR, Pinheiro RS. A ideia do lúdico como opção metodológica no ensino de ciências e biologia: o que dizem os TCC dos egressos do curso de ciências biológicas da licenciatura da Universidade do Rio Grande do Sul, v. 21, n. 2, ISSN: 2176-0136, São Luís: Pesquisa em foco, 2016. p. 176-194. Acesso em 24 de maio de 2021. Disponível em: https://ppg.revistas.uema.br/index.php/PESQUISA_EM_FOCO/article/view/1226/977.

Almeida RS, Crispim MSS, Silva DS, Peixoto SPL. A teoria das inteligências múltiplas de Howard Gardner e suas contribuições para a educação inclusiva: construindo uma educação para todos. v. 4, n. 2, Alagoas: Ciências Humanas e Sociais, 2017, p. 89-106. Acesso em 10 de maio de 2021. Disponível em: https://periodicos.set.edu.br/fitshumanas/article/view/4218/2584.

Mesquita KMG, Cardoso JB, Vigário AF. O uso de jogos didáticos no processo de ensino e aprendizagem de biologia. p. 135-143. II CECIFOP, 2019. Acesso em 24 de maio de 2021. Disponível em: http://cecifop.sistemasph.com.br/index.php/cecifop/CECIFOP2019/paper/download/310/521.

Filho IJC, Messias JB. A utilização do jogo didático corrida genética no ensino de genética para alunos do ensino médio: um relato de experiência. Anais do Congresso Nacional de Biólogos. Congrebio 2018. v. 8, 2018. Acesso em 14 de julho de 2021. Disponível em: http://congresso.rebibio.net/congrebio2018/trabalhos/pdf/congrebio2018-et-06-004.pdf.

Grösz LCB, Almeida RHF. Ensinando genética de forma lúdica: utilização de um jogo de tabuleiro para alunos do terceiro ano do ensino médio. Revista Prática Docente (RPD). v. 2, n. 2, p. 336-350, 2017. Acesso em 14 de julho de 2021. Disponível em: http://periodicos.cfs.ifmt.edu.br/periodicos/index.php/rpd/article/view/86.

Agamme ALDA. O lúdico no ensino de genética: a utilização de um jogo para entender a meiose. Monografia apresentada ao Centro de Ciências Biológicas e da Saúde, da Universidade Presbiteriana Mackenzie. São Paulo, 2010. Acesso em 14 de julho de 2021. Disponível em: https://www.mackenzie.br/fileadmin/OLD/47/Graduacao/CCBS/Cursos/Ciencias_Biologicas/1o_2012/Biblioteca_TCC_Lic/2010/2o_2010/ANA_LUIZA_ABDO.pdf.

Alves TCR, Costa MF, Sousa CC. Tabuleiro de genes: uma ferramenta pedagógica para o ensino de biologia. Revista Prática Docente (RPD). v. 5, n. 2, p. 1093-1110, 2020. Acesso em 14 de julho de 2021. Disponível em: http://periodicos.cfs.ifmt.edu.br/periodicos/index.php/rpd/article/view/738/367.

Downloads

Publicado

29-04-2022

Como Citar

Sousa, F. B., Vasconcelos, R. A., dos Santos Júnior, J. M., do Nascimento de Castro, M. G., & Domingos Coutinho, T. J. (2022). Heredogame: Jogo Didático para o Ensino de Genética. Revista De Ensino De Bioquímica, 20(1), 33–55. https://doi.org/10.16923/reb.v20i1.985

Edição

Seção

REB na Escola