Editorial Vol. 20, Nº 2

Autores

  • Equipe REB

DOI:

https://doi.org/10.16923/reb.v20i2.1053

Palavras-chave:

editorial

Resumo

A Revista de Ensino de Bioquímica teve sua equipe editorial alterada com a inclusão, como co-editores, dos professores André Marques dos Santos do departamento de Bioquímica, Instituto de Química, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ) e Juciano Gasparotto do Departamento de Bioquímica, Instituto de Ciências Biomédicas, Universidade – Federal de Alfenas (Unifal-MG), a partir deste número.
A equipe reforça que a política editorial da Revista foi atualizada em diferentes itens desde o primeiro número de 2022, destacando:

 

  • O limite de autores é de até seis participantes, salvo por solicitação e autorização dos editores, com a obrigatoriedade de haver, pelo menos, um dos autores com graduação completa.
  • Toda submissão deve estar acompanhada de carta ao editor, citando a contribuição de cada coautor do artigo.
  • Trabalhos que utilizam dados de seres humanos deverão apresentar aprovação em comitê de ética em pesquisa ou indicar a previsão legal de não necessidade, de acordo com a Resolução nº 510, de 07 de abril de 2016, que trata das pesquisas na área de ciências humanas e sociais.
  • • Os trabalhos devem utilizar o novo modelo da submissão, incluindo melhorias na estrutura dos artigos por seção. O novo modelo traz instruções mais claras, modificações no layout, além do uso de estilos para as páginas e texto o que pode ser observado em detalhe no link: http://bioquimica.org.br/revista/ojs/index.php/REB/about/submissions#onlineSubmissions

Visando dar maior transparência do fluxo editorial, construímos o fluxograma ao lado com as etapas que os artigos passam: 1) pré-avaliação; 2) avaliação às cegas pelos revisores; 3) decisão editorial; 4) avaliação da nova revisão; 5) Decisão final; 6) prova de leitura; publicação.


Ressaltamos que o processo entre o envio e a publicação pode levar até 12 meses e que os autores devem acompanhar os processos de submissão no sistema da revista, sempre se atentando às mensagens enviadas pelos editores.

Destacamos que na etapa 1 (pré-avaliação pelos editores), com objetivo de garantir alguns dos aspectos éticos dos trabalhos, iniciamos em 2022 a verificação de plágio por meio de software especializado (plag.pt), o que resultou em maior precisão desta etapa da avaliação e maior celeridade na primeira fase de revisão pelos editores.
O segundo número do volume 20 da Revista de Ensino de Bioquímica é composto por três artigos na seção “Pesquisa em Ensino”, seis artigos na seção “Inovações Educacionais” e um artigo na seção “REB na Escola”, totalizando 10 artigos nesta edição.
O artigo inicial da seção “Pesquisa em Ensino” registra as “Concepções de estudantes do Ensino Fundamental sobre o SARS-CoV-2”. O seguinte avalia a percepção do aprendizado dos estudantes de uma disciplina de Bioquímica e Biofísica Médica após a inserção de metodologias ativas de ensino como um jogo de tabuleiro, atividades de “Brainstorming” e um jogo em celular, em comparação a aulas expositivas tradicionais. O último artigo desta seção relata a experiência de acadêmicos e professores frente a aulas remotas nos componentes curriculares de Química e Bioquímica em diferentes cursos de graduação, durante um determinado período da pandemia de COVID-19.
Na seção “Inovações Educacionais”, o primeiro artigo descreve uma metodologia lúdica para o estudo dos componentes da membrana plasmática e da matriz extracelular mostrando as suas interações por meio do uso materiais simples e de fácil aquisição em papelarias. O segundo artigo reporta um processo bastante elaborado para a demonstração bioluminescente do ATP com luciferase recombinante de vagalume para uso no ensino de bioenergética e metabolismo. O terceiro artigo relata uma interessante associação entre o Aprendizado Baseado em Problemas (PBL) e as Sequências de Ensino Investigativas (SEI) problematizando e contextualizando o Diabetes Mellitus. O quarto artigo mostra o desenvolvimento e aplicação de um jogo de quebra-cabeça e de um tabuleiro focando biomoléculas e metabolismo, os quais permitem interações entre os jogos e jogadores, entre os próprios jogadores. O quinto artigo explica o processo de planejamento, roteirização, gravação, edição e disponibilização de videoaulas sobre vários conteúdos práticos de disciplinas de Bioquímica oferecidas à diversos cursos de graduação. O sexto artigo apresenta uma planilha facilitadora para aula remota de biologia molecular auxiliando no cálculo do equilíbrio de Hardy-Weinberg para o ensino de polimorfismos genéticos.

O material publicado na seção “REB na Escola” mostra a produção de uma Sequência Didática por estudantes do Ensino Médio abordando propriedades e a importância da membrana celular e seus mecanismos de transporte por meio de animações stop motion.

A equipe editorial da Revista espera que os trabalhos deste número auxiliem na prática docente e que incentivem os leitores a compartilharem as suas experiências em Bioquímica, Biologia Molecular e áreas correlatas.
Para finalizar, agradecemos aos revisores por suas disponibilidades, pelas análises criteriosas e pelas sugestões enriquecedoras nas avaliações realizadas.

 

Atenciosamente,

 

Profa. Dra. Vera T. Trindade
UFRGS
Editora-chefe

Prof. Dr Gabriel G. Hornink
Unifal-MG
Co-editor

Prof. Dr. André M. Santos
UFRRJ
Coeditor

Prof. Dr Juciano Gasparotto

Unifal-MG
Coeditor

Downloads

Publicado

16-12-2022

Como Citar

REB, E. (2022). Editorial Vol. 20, Nº 2. Revista De Ensino De Bioquímica, 20(2), vi - ix. https://doi.org/10.16923/reb.v20i2.1053

Edição

Seção

Editorial

Artigos Semelhantes

<< < 1 2 3 4 5 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.