Caracterização experimental de carboidratos

CELENE Fernandes Bernardes, Paula Fernandes Gáspari

Resumo


O estudo da caracterização molecular e propriedades químicas de carboidratos é tema constituinte dos planos de ensino das disciplinas de Bioquímica, nos cursos de Química, Biologia e Medicina. As aulas práticas foram realizadas de forma remota e com adaptações dos experimentos previstos para serem desenvolvidos em laboratório. As reações de Molisch, Fehling e Lugol, utilizadas para identificação e caracterização de carboidratos, foram realizadas de forma demonstrativa, com simulação das técnicas e dos resultados dos experimentos, após a explicação dos fundamentos teóricos. Foram utilizados os programas Paint e PowerPoint para desenhar os instrumentos e as etapas dos experimentos. A aula foi apresentada utilizando a ferramenta de animação do PowerPoint e gravada em vídeo. A aceitação dos alunos foi positiva embora tenham demonstrado a vontade de vivenciar as aulas no laboratório, principalmente para o desenvolvimento de habilidades no manuseio dos instrumentos.


Palavras-chave


carboidratos; aula remota; bioquímica experimental

Texto completo:

PDF

Referências


Nelson DL, Cox MM. Princípios de Bioquímica de Lehninger. 7. ed. Porto Alegre: Artmed; 2018.

Gropper SS, Smith JL, Groff JL. Nutrição avançada e metabolismo humano. 1. ed. São Paulo: Cengage Learning; 2011.

Cisternas JR, Monte O, Montor WR. Fundamentos teóricos e práticos em Bioquímica. 1. ed. São Paulo: Atheneu; 2011.

Cisternas JR, Varga J, Monte O. Fundamentos de Bioquímica Experimental. 1. ed. São Paulo: Atheneu; 1997.

Bernardes, CF. Bioquímica Experimental. Campinas, 2018. [Apostila da Disciplina de Bioquímica - Curso de Química - PUC-Campinas].




DOI: https://doi.org/10.16923/reb.v20i2.948

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

SBBq  BDC   e-revistas   DOI     

Licença Creative Commons The content of this journal is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International license.