Na trilha dos genes: uma proposta de jogo didático para o ensino de Genética

Fabricio Luís Lovato, Thanara Muraro de Christo, Daiane Schio Pagliarini, Francielle da Rosa Costa, Marlise Ladvocat Bartholomei-Santos

Resumo


Muitos estudantes, do Ensino Médio e do nível universitário, encaram a Genética como uma das mais difíceis disciplinas da Biologia. A utilização de metodologias didáticas diversificadas torna-se uma ferramenta promissora para o ensino, complementando o conteúdo teórico e melhorando o processo de ensino-aprendizagem. Um importante método envolve a utilização de jogos didáticos, os quais reúnem em si as funções lúdica e educativa. Entre seus benefícios, a utilização dos jogos didáticos favorece a motivação, o desenvolvimento do raciocínio e a socialização. Este artigo apresenta uma proposta de jogo didático de trilha, intitulado ‘Na Trilha dos Genes’, envolvendo tabuleiro e cartas de perguntas e curiosidades. A proposta é de baixo custo de implementação e visa propiciar aos estudantes uma melhor compreensão dos conteúdos relacionados à disciplina de Genética.

Palavras-chave


Genética; Jogo Didático; Ensino.

Texto completo:

PDF

Referências


Nelson DL, Cox MM. Princípios de Bioquímica de Lehninger. 5. ed. Porto Alegre: Artmed; 2011.

Cid M., Neto AJ. Dificuldades de aprendizagem e conhecimento pedagógico do conteúdo: o caso da Genética. VII Congreso Internacional sobre Investigación en Didáctica de las Ciencias. Enseñanza de las Ciencias 2005; número extra: 1-5.

Martinez ERM, Fujihara RT, Martins C. Show da Genética: um jogo interativo para o ensino de genética. Genética na Escola 2008; 3(2): 24-27.

Krasilchik M. Prática de Ensino de Biologia. 4. ed. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo; 2004.

Kishimoto TM. O jogo e a educação infantil. São Paulo: Pioneira; 1994.

Cunha MB. Jogos no Ensino de Química: Considerações Teóricas para sua Utilização em Sala de Aula. QNEsc 2012; 34(2): 92-98.

Brito LCC, Borges APA, Borges CO, Santos DG, Marciano EP, Nunes SMT. Avaliação de um minicurso sobre o uso de jogos no ensino. RBPG 2012; 8(2): 589-615.

Zanon DAV, Guerreiro MAS, Oliveira RC. Jogo didático Ludo Químico para o ensino de nomenclatura dos compostos orgânicos: projeto, produção, aplicação e avaliação. Cien Cog 2008; 13(1): 72-81.

Souza SE. Uso de Recursos Didáticos no Ensino Escolar. In: I Encontro de Pesquisa em Educação, IV Jornada de Prática de Ensino, XIII Semana de Pedagogia da UEM: “Infância e Práticas Educativas”. Arq Mudi. 2007; 11(2): 110-114.

Yamazaki SC, Yamazaki RM. Sobre o uso de metodologias alternativas para ensino-aprendizagem de Ciências. In: Educação e Diversidade na Sociedade Contemporânea. Anais da III Jornada de Educação da Região de Grande Dourados 2006; 1-14.

Miranda S. No fascínio do jogo, a alegria de aprender. Revista Linhas Críticas 2001; 8(14): 21-34.

Canesin FP, Silva OCV, Latini RM. O olhar de um licenciando para o ensino de química e a educação ambiental. REMPEC - Ensino, Saúde e Ambiente 2010; 3(2): 50-60.

Dos Santos AB, Guimarães CRP. A utilização de jogos como recurso didático no ensino de zoologia Rev. electrón. investig. educ. cienc. 2010; 5(2): 52-57.

Perazzo P, Barbosa DS, Gadelha TS, Alberto C, Gadelha DA, Persuhn C. Perfil – Biomoléculas. REB 2014; 12(1): 24–33.

Azevedo AMP, Lazzarotto GB, Timm MI, Zaro MA. Relato de uma experiência com o uso do Diagrama Metabólico Dinâmico Virtual do Ciclo de Krebs. Novas Tecnol Na Educ 2004; 1(2): 1-9.

Campos LML, Bortoloto TM, Felicio AKC. A produção de jogos didáticos para o ensino de ciências e biologia: uma proposta para favorecer a aprendizagem. Cadernos dos Núcleos de Ensino 2003; 35-48.

Pereira RF, Fusinato PA, Neves MCD. Desenvolvendo um jogo de tabuleiro para o ensino de Física. In: VII Encontro Nacional de Pesquisa em Educação em Ciências. Anais do VIII Enpec 2009; 12-23.

Silva NCM. Proposta de um jogo de tabuleiro sobre o tema fundamentos da Ecologia para Ensino Médio. Revista da SBEnBio 2014; 7: 5893-5900.

Mendes CCM. Proposta de jogo didático “Na trilha dos alimentos”. Revista da SBEnBio 2014; 7: 1138-1146.

Costa AMS, Apolinário J, Barros F, Santos A, Sodré C. Uma Corrida Metabólica. REB 2017; 15(Esp): 100-106.

Valadares BLB, Resende RO. “Na Trilha Do Sangue”: O Jogo Dos Grupos Sanguíneos. Genética na Escola 2009; 4(1): 10-16.

Lorbieski R, Rodrigues LSS, d’Arce LPG. Trilha Meiótica: o jogo da meiose e das segregações cromossômica e alélica. Genética na Escola 2010; 5(1): 25-33.

Vilhena L, Mota FNN, Oliveira FC, Bastista FTS, Drefs YDS, Rosa LO. Jogo Bozó Genético: uma proposta didática como alternativa para o ensino da replicação do DNA no ensino médio. REB 2016; 14(3): 57-67.

Justina LAD, Ferla MR. A utilização de modelos didáticos no ensino de genética - exemplo de representação de compactação do DNA eucarioto. Arquivos da Apadec 2006; 10(2): 35-40.

Dias MAS. Dificuldades na aprendizagem dos conteúdos de biologia: evidências a partir das provas de múltipla escolha do vestibular da UFRN (2001-2008). Tese de Doutorado (Educação) - Universidade Federal do Rio Grande do Norte. 2008

Gardner H. Frames of mind: The theory of multiple intelligences. 10 ed. New York, NY: Basic Books; 1993.

Souza CA, Morales OET. Coleção Mídias Contemporâneas. Convergências Midiáticas, Educação e Cidadania: aproximações jovens. Vol. II. Ponta Grossa: UEPG/PROEX; 2015. Morán J. Mudando a educação com metodologias ativas; p. 15-33.

Franklin S, Peat M, Lewis A. Non-tradicional interventions to stimulate discussion: the use of games and puzzles. J. Biological Educ. 2003; 37(2): 79-84.

Brenelli RP. Espaço lúdico e diagnóstico em dificuldades de aprendizagem: contribuição do jogo de regras. In: Sisto FF, Boruchovitch E, Fini LDT, Brenelli RP, Martinelli SC. (org.) Dificuldades de aprendizagem no contexto psicopedagógico. Petrópolis: Vozes; 2001; p.167-189.

Almeida PN. Educação Lúdica: Técnicas e Jogos Pedagógicos. 9. ed. São Paulo: Loyola; 1998.

Brasil. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular. Ensino Médio. 2018. Acesso em 31 de Maio de 2018. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/wp-content/uploads/2018/04/BNCC_EnsinoMedio_embaixa_site.pdf.




DOI: https://doi.org/10.16923/reb.v16i2.795

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

SBBq  BDC   e-revistas   DOI     

Licença Creative Commons The content of this journal is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International license.