Bioquímica e Literatura: Contos e Crônicas – uma abordagem por meio da aprendizagem colaborativa

Silvia Regina Tozato Prado

Resumo


Nesta atividade, integrou-se os conteúdos de Bioquímica com a Literatura, numa prespectiva da aprendizagem colaborativa. Grupos de 3 alunos criaram uma história (conto ou crônica) sobre um dos temas da disciplina e apresentaram o texto como postagem no sistema de intranet; em banner para a comunidade acadêmica; apresentação oral da história e um material escrito contendo todos os textos produzidos. A aplicação desta metodologia pretendeu possibilitar a vivência de um processo de aprendizagem reflexiva e colaborativa, corroborando com a aprendizagem de Bioquímica e o desenvolvimento de competências e habilidades importantes: a reflexão, senso crítico, organização e capacidade de trabalhar em grupo. A auto-avaliação realizada com os 69 grupos indicou que a atividade permitiu melhor entendimento no tema trabalhado, a necessidade da reflexão desde o início e que o trabalho em grupo permitiu a discussão e troca de conhecimento sobre o assunto.

Palavras-chave


Bioquímica; crônicas; aprendizagem colaborativa

Texto completo:

PDF

Referências


Silva, J. M. e Saldanha, C. Bioquímica em Medicina – Análises e Perspectivas. Vol. 1. Lisboa: Edições Colibri, 2010.

Pinheiro et.al (2009) Pinheiro, T. D. L., Silva, J. A. da., Souza, P. R. M. de., Nascimento, M. M. do. & Oliveira, H. D. de. (2009) Ensino de bioquímica para acadêmicos de fisioterapia: visão e avaliação do discente. Revista Brasileira de Ensino de Bioquímica e Biologia Molecular, 7(1), 25-35.

Vargas LHM. A Bioquímica e a Aprendizagem Baseada em Problemas. Rev. Ensino Bioquímica 2001; 1:15–9.

Yokaichiya, D. K., Galembeck, E. & Torres, B. B. (2004) O que alunos de diferentes cursos procuram em disciplinas extracurriculares de bioquímica?. Revista Brasileira de Ensino de Bioquímica e Biologia Molecular, 2(1), 37-44.

Garrido RG, Araújo FO, Oliveira TH, Garrido FSRG. O lugar da Bioquímica no processo de cuidar: Visão de graduandos em Enfermagem. Rev Bras. Ensino Bioquimica Biol Molecular. 2010;1:1-6.

Barbosa, J.U.; Leal, M.C.; Rossi, S.Q.; Dia, T.N.; Ferreira, K.A.; Oliveira, C.P. Analogias para o ensino de bioquímica no nível médio. Ensaio – Pesquisa em Educação em Ciências, v. 14, n.1. p.195-208, 2012.

Oliveira, PS. Estrutura e função das proteínas nos livros didáticos de biologia aprovados no PNLD 2012. Dissertação de Mestrado [Biologia Geral]. Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho, Universidade Federa do Rio de Janeiro.

Machado, M.S. et al. Bioquímica através da animação. Florianópolis: UFSC, 2010. Disponível em https://periodicos.ufsc.br/index.php/extensio/article/view/1081/4358: Acesso em: 07/07/2017.

Loguércio et al., 2007 Loguercio, R., Souza, D. e Pino, J. C. D. Mapeando a educação em bioquímica no Brasil. Revista Ciências e Cognição. 2007; 10: 147-155.

13 Borges e Alencar. Metodologias ativas na promoção da formação crítica do estudante: o uso das metodologias ativas como recurso didático na formação crítica do estudante do ensino superior Cairu em Revista. Jul/Ago 2014, Ano 03, n° 04, p. 1 19-143 , ISSN 22377719.

Moreira, M.A., Caballero, M.C. e Rodríguez, M.L. (orgs.) (1997). Actas del Encuentro Internacional sobre el Aprendizaje Significativo. Burgos, España. pp. 19-44. Acessado em https://www.if.ufrgs.br/~moreira/apsigsubport.pdf em 05/03/2017) (Revista Brasileira de Física, Vol. 9, NP 1, 1979 A Teoria de Aprendizagem de David Ausubel como Sistema de Referência para a Organizaçilo de Conteúdo de Física* M. A. MOREIRA.

Torres, P.L; Irala, E.A. Aprendizagem colaborativa: Teoria e Prática. Coleção Agrinho. Acessado em: http://www.agrinho.com.br/site/wp-content/uploads/2014/09/2_03_Aprendizagem-colaborativa.pdf; 06/07/2017[13] Sitó, J. A. S. Capacidades, competências e habilidades: um desafio para a Educação no contexto do século XXI. Acessado em http://www.alegrete.rs.gov.br/site/secao/arquivo/11-1386069998-355.pdf, em 06/07/2017.

Dewey, John. Experiência e educação. 3 ed. São Paulo: Nacional, 1979.

Dorigon, Thaisa C.; Romanowski, Joana P. Revista Intersaberes, Curitiba, ano 3, n. 5, p. 8 - 22, jan/jul 2008 Disponível em: http://www.uninter.com/intersaberes/index.php/revista/article/view/123/96.

Mitre, S. M.i; Siqueira-Batista, R.; Girardi, J. M.; Morais-Pinto, N. M.; Meirelles, C.A.B.; Pinto-Porto, C.; Moreira, T.; Hoffmann, L. M. Al. Metodologias ativas de ensino-aprendizagem na formação profissional em saúde: debates atuais. Ciência e Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v. 13, 2008.




DOI: https://doi.org/10.16923/reb.v15i0.698

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

SBBq  BDC   e-revistas   DOI     

Licença Creative Commons The content of this journal is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International license.