Um jogo de construção para o aprendizado colaborativo de Glicólise e Gliconeogênese

Felipe Sales de Oliveira, Caroline Dutra Lacerda, Patrícia Santos de Oliveira, Ana Amália Coelho, Maria Lucia Bianconi

Resumo


O jogo “Glicólise & Gliconeogênese” foi desenvolvido para auxiliar alunos do curso de Odontologia da Universidade Federal do Rio de Janeiro no aprendizado colaborativo dessas vias metabólicas. O jogo inicia com 11 cartas contendo apenas a fórmula estrutural dos intermediários da glicólise, as quais devem ser colocadas numa sequência correta de modificações estruturais, desde a glicose até o piruvato. Após completarem a via corretamente, os alunos recebem 10 cartas das enzimas, as quais indicam a reversibilidade (ou não) da reação, o valor de energia livre e os ativadores e/ou inibidores, quando for o caso. Após responderem questões de fixação do conteúdo, por meio de observações da via metabólica montada, os alunos recebem cinco novas cartas que permitem a substituição daquelas necessárias para transformar a glicólise em gliconeogênese. A avaliação por 18 alunos sugere que o jogo é uma ótima estratégia de ensino de vias metabólicas podendo ser usado para outras vias além dessas que utilizamos.


Palavras-chave


jogo educativo, glicólise, gliconeogênese

Texto completo:

PDF

Referências


Schoenmaker F. Análise das dificuldades na disciplina de Bioquímica diagnosticadas por um Plantão por um Plantão de Dúvidas on line. Universidade de São Paulo, 2009.

Vargas LHM. A Bioquímica e a Aprendizagem Baseada em Problemas. Rev Ensino Bioquímica 2001;1:15–9.

Wood EJ. Biochemistry is a difficult subject for both student and teacher. Biochem Educ 1990;18:170–2.

Barbosa MRLS, Martins APR. Avaliação: Uma Prática Constante no Processo de Ensino e Aprendizagem. Rev Da Católica 2011;3. http://catolicaonline.com.br/revistadacatolica2/artigosv3n5/artigo27.pdf (acessado em: 20 de fevereiro de 2015).

Lara ICM. Jogando com a matemática de 5a a 8a série. Rêspel. São Paulo: 2003.

Nagata R. Learning biochemistry through manga - Helping students learn and remember, and making lectures more exciting. Biochem Educ 1999;27:200–3.

Azevedo AMP, Lazzarotto GB, Timm MI, Zaro MA. Relato de uma experiência com o uso do Diagrama Metabólico Dinâmico Virtual do Ciclo de Krebs. Novas Tecnol Na Educ 2004;2:1–9.

Perazzo P, Barbosa DS, Gadelha TS, Alberto C, Gadelha DA, Persuhn C. Perfil – Biomoléculas. Rev Ensino Bioquímica 2014;12:24–33.

Farkuh L, Pereira-leite C. Bioquim4x: um jogo didático para rever conceitos de bioquímica. Rev Ensino Bioquímica 2014;12:37–54.

Randi MAF. Criação, aplicação e avaliação de aulas com jogos cooperativos do tipo RPG para o ensino de biologia celular. Universidade Estadual de Campinas, 2011.

Gokhale AA. Collaborative learning enhances critical thinking. Journal Technology Education 1995;7:22–30.




DOI: https://doi.org/10.16923/reb.v13i1.535

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

SBBq  BDC   e-revistas   DOI     

Licença Creative Commons The content of this journal is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International license.