Escurecimento enzimático: uma aula prática

Maria Teresa Pedrosa Silva Clerici, Rodrigo Henrique Sebastião, Larissa Conde Oliveira, Maysa Sales dos Santos, Ana Lucia Leite Moraes, Silvia Silveira Clareto

Resumo


Este trabalho apresenta uma aula prática sobre o grupo de enzimas polifenoloxidases, que são responsáveis pelo escurecimento enzimático de frutas e hortaliças. As amostras de vegetais passaram pelo processo de inativação enzimática com o uso de reagentes químicos e pelo método de branqueamento com aplicação de calor (fogão convencional e forno de micro-ondas). Após os tratamentos, a eficiência do processo foi avaliada de forma qualitativa verificando-se a atividade da enzima peroxidase pelo teste com guaiacol e após estocagem sob refrigeração ou congelamento. Os resultados práticos obtidos nesta aula permitem trabalhar conhecimentos multidisciplinares na área de ciência dos alimentos, com aplicações práticas no cotidiano.

Palavras-chave


Polifenoloxidase, Escurecimento enzimático, Branqueamento.

Texto completo:

PDF

Referências


Damodaran S, Parkin KL, Fennema OR. Química de alimentos de Fennema: Artmed Editora; 2010.

Tomás‐Barberán FA, Espin JC. Phenolic compounds and related enzymes as determinants of quality in fruits and vegetables. Journal of the Science of Food and Agriculture. 2001;81(9):853-76.

Richardson T. Enzyme. In: Fennema DR, editor. Principles of food science: food chemistry. 4. New York: Marcel Dekker; 1976. p. 285-345.

Araújo JMA. Química de Alimentos–Teoria e Prática. Impr Univ UFV: Viçosa, MG. 1995.

Reis FR. Efeito dos processos de branqueamento e acidificação sobre a cor e a absorção de gorduras de batatas-palha [Mestrado]. Curitiba: UFPR; 2007.

Lehninger AL, Nelson DL, Cox MM. Princípios de bioquımica. São Paulo: Sarvier Editora. 1995.

Sapers GM, Miller RL. Browning Inhibition in Fresh‐Cut Pears. Journal of Food Science. 1998;63(2):342-6.

Favero DM, Ribeiro CdSG, de Aquino AD. Sulfitos: importância na indústria alimentícia e seus possíveis malefícios à população. Segurança Alimentar e Nutricinal. 2011;18(1):11-20.

Baruffaldi R, Oliveira MN. Fundamentos de tecnologia de alimentos. 1998.

Ordoñez JA, Rodríguez M, Alvarez L, Sanz M, Minguillón G, Perales L, et al. Tecnologia de alimentos: componentes dos alimentos e processos. Porto Alegre: Artmed. 2005;1.




DOI: https://doi.org/10.16923/reb.v12i2.275

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

SBBq  BDC   e-revistas   DOI     

Licença Creative Commons The content of this journal is licensed under a Creative Commons Attribution 4.0 International license.